quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

O SUPREMO CHAMADO: CONHECER A DEUS É REGRA BÁSICA PARA TODO CRISTÃO

Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer diz o Senhor Deus (Jr. 9:23 e 24)

O Breve Catecismo de Westminster na quarta pergunta esta escrito: Quem é Deus e a resposta clara é: Deus é um espírito infinito, eterno e imutável em seu ser sabedoria, poder, santidade, justiça, bondade e verdade.

A Bíblia conclama o homem para ter um conhecimento supra intelectual de Deus aquilo que o Dr. Van Der Puy chama de Supremo Chamado. O chamado que esta acima de todos os chamados, o chamado para conhecer a Deus.

O conhecimento de Deus nao esta só embazado numa teologia refinado exclusivista, cuja a sua rede esta só os teólogos, os intelectuais etc. Muito pelo contrário, o profeta Jeremias sabedor que seu povo detinha a monopolizaçao do conhecimento divino, e que essa monopolizaçao estava recheada de orgulho e soberba, chama o povo para ter um conhecimento nao tradicional mais prático de Deus. Deus chama todos os homens para conhece-lo pois nao conhecer a Deus de maneira clara se transforma numa loucura humana.

Dr. Langston disse: O conhecimento que voce tem de Deus define a sua teologia e o escritor A.W. Tozer diz que um conhecimento de Deus é básico para a vida crista. Essa tese do profeta "Jeremias 9:23-24" de conhecer a Deus se cumpri na vida do apóstolo Paulo. Em "Filipenses 3:1-11" O apóstolo Sao Paulo tem um alvo claro "conhecer mais a Deus". Ele nao é orgulhoso dizendo: Já sei tudo mais ele prossegue em conhecer ao Senhor pois ele é fonte inesgotável.

Quando começamos a conhecer a Deus as coisas terrenas perdem o seu valor porque Deus é o supremo bem segundo o teólogo anglicano J. Packer o conhecimento de Deus tem duas facetas claras. Primeiro o conhecimento de Deus nos humilha por que Deus nao pode ser esquadrinhado, dissecado pela mente finita do homem.

O finito nao pode esquadrinhar o infinito nem o limitado pode definir o ilimitado. Neste sentido o homem se torna fragilizado na sua busca por Deus pois como dizem os reformadores o nosso Deus é absconditus (Deus oculto).

A mente humana por si só nao pode estudar o divino pois o divino neste sentido de revelaçao nao pode ser trazido pela mente humana. A mente humana e o coraçao encontram resposta satisfatória através da Doutrina da Revelaçao aonde o próprio Deus toma iniciativa de se revelar "Deus Revelatus" (revelaçao) e de se mostrar para a comunidade dos homens e essa revelaçao tem a sua excelencia em Cristo Jesus conforme diz a Bíblia e a história teológica da igreja.

Karl Barth teólogo de grande eloqüencia salienta que o homem só pode conhecer a Deus quando Deus se revela a ele. Louis Berkhof diz que a teologia seria totalmente impossível, sem uma auto revelaçao de Deus e Millard Erickson afirma que o estudo de Deus é o ponto central de tudo.

Se por uma lado o estudo de Deus nos humilha pela sua grandeza e profundidade por outro lado o conhecimento de Deus nos amplia. O fato de buscarmos a fonte da sabedoria que é Deus traz para nós uma amplitude de conhecimento.

O salmista exclamou na tua luz veremos a luz, logo o conhecimento de Deus jorra luz nas nossas trevas. O conhecimento de Deus injeta em nós sabedoria, temor, justiça, paz, salvaçao etc. O doutor Packer disse que nada é melhor para o desenvolvimento da mente do que a contemplaçao da divindade. Nós podemos ter bens, família, um bom emprego, bons amigos, se congregar numa igreja, ter uma conta bancaria, ter casa, carro, ter um bom ministério, ter sonhos etc.

Tudo isso é normal Deus nos concede segundo a sua graça. Todavia isso nao pode ser o principal na nossa vida, o principal na nossa vida é conhecer a Deus . O breve catecismo Westminster elaborado 1647 diz: Qual é o fim principal do homem? O fim principal do homem é glorificar a Deus, e gozá-lo para sempre.

Charles Spurgeon
o grande pregador ingles disse: "Voce quer esquecer sua tristeza? Quer livrar-se de seus cuidados? Entao, vá, atire-se no mais profundo mar da divindade de Deus; perca-se na sua imensidao, e sairá dele completamente refrescado e revigorado".

In omnibus glorifecetur Deus
" Seja Deus glorificado em todas as coisas"

Carlos Augusto Lopes
Pastor da Igreja ADI- Tubarão-Santa Catarina
Secretário Geral do Concílio das Assembléias de Deus no Brasil-CAD
e um dos Coordenadores da Aliança Evangélica Brasileira-Brasília-DF

Um comentário:

Alexandre Pitante disse...

Paz do Senhor,

Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus continue lhe abençoando poderosamente.

Estou seguindo o vosso blog.

Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

http://www.alexandrepitante.com/

Siga-nos também.

Fica com Deus.

Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.