domingo, 26 de setembro de 2010

CONTRA TODA DESESPERANÇA: UM FACHO DE LUZ EM MEIO A DOR,A FÉ E O SOFRIMENTO.

Vivemos o "melhor dos tempos e o pior dos tempos'.O Melhor dos tempos por que nossa época é marcada por sonhos, tecnologia, oportunidades, ciência em expansão, esperança de dias melhores etc. Pior dos Tempos, por que nossa época é marcada pela desigualdade social, patrulhamento violento contra os direitos humanos, barbárie, descaso com a vida, descaso com Deus, com a ética e com o próximo.

Em meio a este misto contemporâneo de dúvidas e certezas e diante das crises humanas, diante das desilusões da vida , diante do sofrimento pulsante do coração surgi uma esperança contra toda desesperança.

Há história humana uma vez revista com os olhos da esperança pode ser para todos nós uma mola propulsora que nos arremessa a lutar pela vida, pelos direitos humanos, por uma sociedade justa.

Homens e mulheres que ousaram a sonhar e transformar a sua geração, servem para nós como modelo de garra, de luta, de perseverança, de fé e de despojamento. Eles venceram obstáculos, dificuldades e oposição, todavia não desanimaram e deixaram para nós um legado de exemplo e fé.

Olharemos para alguns personagens que marcaram a nossa história como incentivo para a nossa vida contemporânea e agitada. Devemos também como eles lutar em prol de um mundo melhor em nome de Deus.

Cruz e Souza: O Poeta Negro.

João da Cruz e Souza, nasceu na antiga Desterro, atual Florianópolis capital de Santa Catarina. O menino cresceu em épocas difíceis para a comunidade negra em todo o Brasil. Cruz e Souza como ficou conhecido nasceu no dia 24 de novembro de 1861 e morreu no dia 19 março de 1898. Seus pais eram escravos alforriados. Seu pai “Guilherme da Cruz” exercia o oficio de mestre de pedreiro e sua mãe “Eva Conceição” era lavadeira.

Em meio a dificuldade de um Brasil dividido pela cor, Cruz e Souza, marchou em direção a poesia e se tornou um dos grandes poetas do Brasil. Ele enfrentou resistência, contradição, dificuldades mais seguiu seu caminho se dedicando ao estudo, a poesia e a denúncia de um racismo que sangrava o componente afro-descendente.

Ele soube aproveitar as oportunidades que são raras na vida principalmente naquela época conturbada do nosso Brasil. O coronel Guilherme Xavier de Souza, estendeu a mão em vários sentidos para o negro poeta que marcou a literatura do Brasil com seus pensamentos claros e poesia saborosa. Cruz e Souza também estava engajado na luta contra a escravidão no Brasil e o drama da comunidade negra.

O nosso poeta, foi casado com Gavita Rosa Gonçalves e dessa união tiveram quatros filhos. No florescer de seus pensamentos e poemas, o poeta negro ficou tuberculoso e morreu no estado de Minas Gerais, todavia, sua luta, sua perseverança, sua garra e seus poemas continuam vivos na lembrança dos catarinenses e do nosso Brasil até os dias de hoje. Ele é um exemplos para as futuras gerações de perseverança contra toda a desesperança humana.


Nelson Mandela: Da Prisão Africana á Presidente da República.

Do velho e sofrido continente africano, vieram para o Brasil os escravos que enriqueceram e sofreram neste chão Tupiniquim.Voltando agora o nosso olhar histórico para a África do Sul, vimos a figura do grande líder Nelson Mandela, conhecido como “Madiba” que marcou com grande mérito a sua geração.

Mandela, nasceu no dia 18 de julho de 1918 e ainda vive com sua família na África do Sul. Ele presenciou o grande abismo chamado ‘Apartheid”, que significa “Vida Separada”. O apartheid, era mais do que uma vida separada, era o sepultamento dos sonhos, da esperança e da fé. Era o desprezo humano, a injustiça celebrada e a misericórdia banida.

Esse regime maléfico e mesquinho, dividia a África do Sul entre brancos e negros e arrancava a paz,a segurança e a dignidade de uma nação. Não era tarefa fácil lutar contra esse sistema, todavia era necessário uma voz profética que denunciasse aquela podridão humana.

Muitas vozes se levantaram, outras foram sufocadas, mais foi na voz de Nelson Mandela e na sua obstinação que o Apartheid foi vencido, não sem luta como disse, ele.

Nelson Mandela, na sua juventude e como estudante de direito se opôs a tudo que inferiorizava o ser-humano. Ele não se calou mais como um sino que toca, lutou com toda a garra e dedicação pela causa do negro e por toda a injustiça em seu país.

Essa posição mandelista, fez ele amargar uma prisão longa, solitária, fria, calculista e de dor. Mandela foi preso em 1964 e ficou nesta situação até o ano de 1990. Ele nunca desistiu da sua luta, sempre confiante em Deus , Mandela foi libertado da prisão e sua luta pela causa em tom pacifista, generoso e firme, rendeu para ele o reconhecimento do prestigioso Premio Nobel da Paz em 1993.

Mandela, continuou marchando firme em sua luta e no ano de 1994 foi eleito o primeiro Presidente negro da África do Sul. No filme “Invicto”, que mostra a vida de Nelson Mandela, vimos um homem que assume a nação com uma mente madura, um coração regado pelo amor e uma sede para reconstruir a sua amada pátria. Ele mesmo disse: “Sonho com o dia em que todas as pessoas levantar-se ão e compreenderão que fomos feitos para vivermos como irmãos”. Mandela da prisão foi para a presidência da sua nação, mais muito mais que isso, ele é um exemplo de persistência em meio aos ventos contrários e de perseverança contra toda a desesperança.

Hoje já velho Mandela virou um símbolo da paz, da justiça e da conquista dos direitos humanos. Em virtude disso a ONU “Organização das Nações Unidas”, criou o dia internacional de Nelson Mandela, que é comemorado no dia 18 de julho dia do seu aniversário. Mandela em sua nobre carreira afirmou que a educação é a arma mais forte que você pode usar para mudar o mundo.


Martin Luther King: “Eu Tenho um Sonho”

Mather Luther King, é um modelo de luta e resistência contra a segregação racial que dividia brancos e negros nos Estados Unidos da América. Ele viveu num período turbulento da história dos negros nos Estados Unidos.

Luther King, nasceu em Atlanta, centro vital da população negra, em 15 de janeiro de 1929. Atlanta era uma das cidades mais segregacionista, o segregacionismo é aquele que aparta ou separa a outrem por desprezo ou preconceitos. Neste caso, os negros são segregados pelos brancos.

King ingressou em 1948 no seminário teológico de Crozer, que ficava longe de sua terra natal. Neste seminário ele centralizou seus estudos nos problemas sociais. King entende que um homem da igreja deve ir ao encontro das necessidades de seus irmãos e das soluções, empreende assim seu compromisso com Deus, através dos demais. Doutorar-se em Harvard é o sonho de muitos norte-americanos. Se o estudante for negro, o sonho é maior ainda, King ministro Batista diploma-se em Boston.

Em 1953, conhece sua esposa Coretta. Luther King estava decidido pelo ensino quando é convidado para pregar na igreja Batista de Montgomery, pequeno cidade no centro de Alabama, o sul dos negros pobres e analfabetos, o sul das leis não respeitadas, o sul da segregação.

Martim Luther King e sua esposa partem para o sul, no domingo de 1954 ele prega um sermão que arrebata os corações quebrados daquela comunidade, depois de quatro sermões é convidado para pastorear aquela igreja, e assim se dedicar por completo a causa de Deus e também dos negros americanos.


A cosmovisão de King e a vontade de ver os oprimidos negros libertos das mãos dos cruéis racistas para ele era um sonho. A história de King, tem implicações de verdadeira reflexão. Seu discurso mais memorável é ainda lido e ouvido em todo o mundo. “Eu tenho um Sonho, que um dia negros e brancos possam andar de mãos dadas e que o homem seja julgado não pela sua cor mais pelo seu caráter”, disse o pastor negro antes de morrer assassinado. Seu sonho, sua luta, seus ideais, sua perseverança e sua fé em Deus é um modelo para todos nós.

Ele lutou contra toda a desesperança e sua luta foi findada com o martírio pela causa dos negros numa América dividida pela cor e pelo racismo. King também marchou em prol dos direitos humanos dos negros e dos excluídos.

Um dos seus discurso mais belo foi “ deixem nos votar”. Esse brado de King teve eco décadas mais tarde com a eleição do primeiro negro presidente dos Estados Unidos Dr. Barack Obama.

O pastor Marthin Luther King, também recebeu o “Premio Nobel da Paz”. Seu sermão não era a violência mais o amor não era o racismo mais a unidade. Martim lutou com afinco pela causa dos negros americanos, apesar das ameaças e da terrível KKK, ele permaneceu fiel ao seu sonho, todavia em 1968, em Menphis a voz do Pastor negro é silenciada, King foi assassinado friamente pelos seus algozes.

O caixão de Martim Luther King foi colocado sobre um carro puxado por mulas, como símbolo da pobreza negra. Em seu túmulo, lê-se: “Reverendo Martim Luther King 1929 – 1968” "Por fim sou livre. Por fim sou livre. Demos graças a Deus Todo-Poderoso porque por fim sou livre”.

Carlos Augusto Lopes
Pastor,Teólogo e Pensador Cristão
www.carlosalopes.blogspot.com
pastorcarloslopes@hotmail.com

8 comentários:

louboutin Link Exchange disse...

Women should ensure that the shoes and bags not only look amazing,louboutin but
they also match.

louboutin Link Exchange disse...

Women try to store cheap christian louboutin footwears and strollchristian louboutin, to ensure that the right shoes, to maintain comfortable shoes they want to make sure they look good.

louboutin Link Exchange disse...

You should not miss this chance discount christian louboutin get the best cheap christian
louboutin shoes.

louboutin Link Exchange disse...

Access to our online shopping, christian louboutin shoes,search the shoes that you dreaming of all of your life.

louboutin Link Exchange disse...

All of our christian louboutin shoes are made of the similar materials,christian louboutin sale hand made with high quality,low price.

louboutin Link Exchange disse...

Further more,we also provide a guide about how to care of your cheap christian louboutin shoes
chanel shoes. Some tips that you might ignore in the past.

maybe disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

Rafael Batista (Denúncias) disse...

Apostasia geral, essa é a marca do nosso tempo "pastor",pro inferno essa besteira sentimental e social, o cristo que eu sirvo NÃO PERDE TEMPO COM ISSO ,PREGA A VERDADE E DENUNCIA O PECADO DO MUNDO!!!